Terror

Voltar para a Home
Terror Últimos filmes comentados

The Bye Bye Man – Nunca Diga Seu Nome

POR MARINA SAMPAIO Aqui no Brasil, Bye Bye Man ganhou o título “Nunca diga seu nome”, mas eu colocaria como “Nunca pare para assistir”. Que suspense/terror horroroso. A história é sobre 3 estudantes, Elliot e Sasha (namorados) e Jonh (amigo de infância), que decidem sair do alojamento da universidade e alugar uma casa por conta própria. Hum, casa antiga e abandonada + moradores novos, a gente sabe que significam coisas sobrenaturais e quanto a isso tudo bem, um espírito maligno

Terror Últimos filmes comentados

A Visita

A cada tentativa, uma decepção maior. Já fui muito fã de M. Night Shyamalan, que estourou em Hollywood com O Sexto Sentido. Mas depois de uma sequência incrível de filmes ruins nos últimos 10 anos, ele se superou. A Visita é péssimo, um dos piores entre todos os seus (só não cravo que é o pior porque ele já fez muita coisa ruim). O último que havia assistido de Shyamalan foi Depois da Terra, com Will Smith e seu filho.

Terror Últimos filmes comentados

Vinil Verde

De Kleber Mendonça Filho (O Som ao Redor e Aquarius), Vinil Verde é um curta-metragem bem premiado: no festival de Brasília, melhor direção e montagem, por exemplo. Já se vão 12 anos de seu lançamento. É simples, e tenta criar um clima de filme de horror. Mas a ambientação é falha e pouco assusta. Não há nomes dos personagens. Mãe dá a Filha (assim mesmo, em maiúscula) uma caixa cheia de velhos disquinhos coloridos. A menina pode ouvi-los, exceto o

Terror Últimos filmes comentados

Invocação do Mal 2

Não sei você, mas eu raramente me assusto com filmes de terror. Sei lá o motivo. É raro um filme que realmente faça segurar na cadeira. Invocação do Mal 2 poucos sustos provoca, pelo menos a mim. Quando chegou aos cinemas em 2013, Invocação do Mal vendeu bem. O sucesso comercial garantiu um spin-off – Annabelle (2014) – e esta continuação, agora em 2016. Não é uma sequência ruim. Mas também não é boa. Vera Farmiga e Patrick Wilson voltam

Suspense Terror

Os Escolhidos

De início, Os Escolhidos parece mais um filme sobre uma casa mal assombrada. A família Barret leva uma vida pacata e tranquila no subúrbio, mas isso muda quando uma série de estranhos eventos passa a fazer parte de sua rotina. Mas lá à frente se descobre que não se trata de almas ou algo do gênero. A família descobre que existe uma terrível força atrás dela, não importa onde esteja morando, e que precisa lutar por sua sobrevivência. Mais do

Terror

Quando Eu Era Vivo

Filme brasileiro geralmente é um horror, diz a opinião geral do público. Mas este Quando Eu Era Vivo é um tanto diferente. É “sobre” horror. E, seguindo os melhores, e poucos, exemplos nacionais, é uma bela opção. Nada de comédia, tiroteio, palavrões. Quando Eu Era Vivo (baseado no livro A Arte de Produzir Efeito Sem Causa, de Lourenço Mutarelli, de O Cheiro do Ralo) narra a história de um rapaz desempregado que se abriga da separação conjugal na casa do

Terror

Carrie – A Estranha (2013)

Com o perdão do trocadilho, é estranho assistir a uma nova versão de Carrie – A Estranha. É um bom filme, mas quem tem mais idade se lembra do primeiro (há ainda uma versão de 2002 para a TV) e aí não há comparação. Na verdade, há, claro. Mas é difícil que um novo longa vença em qualidade um clássico. Carrie – apelido de Carietta White – é uma adolescente oprimida pela mãe, Margaret, uma fanática religiosa. Além dos maus

Terror

Monstros

Monstros tinha tudo para ser uma péssima opção. É de 1932 (82 anos atrás!), é considerado “um clássico do grotesco”, usa e abusa em tela de pessoas com problemas genéticos ou vítimas de acidentes. Mas é bom! Para assistir a este filme é preciso se colocar nos anos 1930. Os circos eram populares e não tinham o menor pudor em mostrar ao público as então chamadas “aberrações”. Mulher-barbada era fichinha! A teoria da origem das espécies, de Charles Darwin, tinha

Terror

O Enigma de Outro Mundo

John Carpenter é o “pai” de algumas pérolas do cinema de terror com um pé no trash. Halloween é dele, assim como Christine – O Carro Assassino. Em 1982 fez um clássico, O Enigma de Outro Mundo, que caminha na mesma estrada. Mas realmente é um clássico. Assisti ao filme logo depois de ver A Coisa, o prólogo lançado em 2011. Ambos são bacanas. O Enigma se passa dias depois de A Coisa. Antártica, inverno de 1982. Na remota Estação

Terror

A Coisa

Resolvi repetir a experiência que havia tido com Alien – O Oitavo Passageiro e Prometheus. Assisti ao filme A Coisa e logo em seguida passei para O Enigma de Outro Mundo. O primeiro, mais novo, é um prelúdio do segundo, clássico de 1982. E mais uma vez me dei bem! Ok, Alien e Prometheus são bem melhores que A Coisa (não confundir com o filme homônimo do iogurte assassino, de 1985) e O Enigma de Outro Mundo. Mas, depois de ler a