Últimos filmes comentados

Voltar para a Home
Ação Últimos filmes comentados

Planeta dos Macacos – A Guerra

Está aqui um enorme fã de “O Planeta dos Macacos”, com o artigo à frente. Assim, com “O” antes de “Planeta”, nasceu em 1968 uma das mais bem sucedidas sagas do cinema. Tenho orgulho em dizer que já assisti a todos os filmes, mais de uma vez (abaixo vai a lista de links com o que achei de cada um), e, inclusive, li o livro que deu origem à série, do francês Pierre Boulé (que merece a compra). Por isso,

Ação Últimos filmes comentados

Em Ritmo de Fuga

Prepara-se para assistir a um filme com um formato peculiar, no melhor dos sentidos. Em Ritmo de Fuga – Baby Driver, no original – tem uma montagem espetacular, única, diferente, mesmo que com uma história comum, a do bandido apaixonado que deseja deixar o crime mas não consegue. O início impressiona. Ao som de “Bellbottoms”, do The Jon Spencer Blues Explosion, Baby aparece com um fone de ouvido ligado a um IPod, no comando de um Subaru WRX. Ele é

Aventura Últimos filmes comentados

Liga da Justiça

Está faltando imaginação na casa de Batman, Mulher-Maravilha e Super-Homem, a Warner/DC Comics. Liga da Justiça, primeiro filme do estúdio a reunir o trio a outros nomes de peso – Ciborg, Flash e Aquaman – é uma bela cópia do que Os Vingadores já apresentou, de maneira avassaladora. O tom dramático e sombrio estabelecido em Homem de Aço, filme que retratou Super-Homem para dar origem agora ao grupo que salvará o mundo, ficou para trás. O clima de aventura com

Drama Últimos filmes comentados

O Patriarca

Mahana, o título original deste filme, aponta melhor para sua origem, a Nova Zelândia. Nem sempre chega ao Brasil um filme da terra do povo Maori, que vivia por lá antes da chegada dos europeus. Eu assisti a O Patriarca, nome abrasileirado, em terras neozelandesas, mas ele está disponível em terras tupiniquins. Diretamente ao ponto: não é um espetáculo, mas vale o ingresso. Dirigido por Lee Tamahori, que tem filmes hollywoodianos no currículo (007 – Um Novo Dia para Morrer,

Ficção Últimos filmes comentados

Blade Runner – O Caçador de Androides

Assistir recentemente a Blade Runner 2049 me acendeu a vontade de rever o original, Blade Runner. E não é que a HBO disponibilizou neste fim de semana? De 1982, o filme é cultuado até hoje, apesar de em seu lançamento não ter sido sucesso. E lá fui eu. No começo, devo confessar, achei um tanto enfadonho. Mas aí vem o final… ah, que desfecho. Compensa o restante, e dá liga para a continuação recentemente lançada. O longa se passa em

Drama Últimos filmes comentados

Avenida

Avenida – ou Boulevard no original – é o último filme de Robin Williams. E não é que o ator – morto em 2014 – encerrou a carreira repetindo o padrão que quase sempre o acompanhou. Sua interpretação é brilhante. Este é um filme difícil de descrever. Não que seja complicado. O problema é, com qualquer ponto aqui escrito, estragar a experiência. Uma frase do personagem de Bob Odenkirk pode ajudar: “Talvez nunca seja tarde demais para viver a vida

Suspense Últimos filmes comentados

O Bar

A premissa de O Bar é instigante. O filme espanhol reúne uma dezena de pessoas que não se conhecem em um singelo bar de Madri, na hora do café da manhã. Até que um deles sai do estabelecimento e é morto com um tiro – não se sabe de onde. As ruas em volta ficam desertas. Um segundo personagem tenta abandonar o local, e novamente é alvejado. O que fazer? Sair do bar, claro, é arriscado. Ligar para a polícia

Drama Últimos filmes comentados

Animais Noturnos

Tom Ford é um nome cultuado na moda. Revitalizou a Gucci e em 2005 montou sua própria grife. Em 2009 enveredou para o cinema dirigindo Direito de Amar, um péssimo título em português para A Single Man. No fim de 2016 voltou à carga com Animais Noturnos. Ponto para ele, que agora é sucesso em duas carreiras. Vencedor do Grande Prêmio do Júri no Festival de Veneza, o longa foi esnobado pelo Oscar – somente Michael Shannon concorreu como Ator Coadjuvante.

Policial Últimos filmes comentados

Aura

A caça por filmes de Ricardo Darín me levou a este Aura (também chamado de A Aura). De 2005, disponível na Netflix, é dirigido e roteirizado pelo também argentino Fabián Bielinsky, que estreou no cinema com o hoje cultuado Nove Rainhas (e Darín no elenco), em 2000 – fez tanto sucesso que foi refilmado nos Estados Unidos (como 171, em 2004). Aura é sua obra seguinte. É um filme peculiar, difícil de encaixar em um um gênero cinematográfico. “Até para mim

Ação Últimos filmes comentados

Feito na América

Barry Seal é um piloto de aviação que se cansa da rotina. Ele quer mais… emoção, aventura e, claro, dinheiro! Faz pequenos contrabandos de charutos, até que a CIA o procura: precisa de alguém para tirar fotos aéreas de guerrilheiros na Nicarágua. Aí começa a história de Feito na América. É diferente ver Tom Cruise em um papel que não seja heroico. Aqui ele é um trambiqueiro que vira bandido, mas sem perder o charme. Com a grana entrando, Barry