Do Outro Lado

Do Outro Lado

Rating

4 out of 5
Duca

Total

4
4 out of 5

Qual é a mensagem deste filme? Fiquei encucado com isso (não que todo filme precise ter uma mensagem). Ao terminar, Do Outro Lado deixa aquela “pulga atrás da orelha”. É uma obra bacana, bem construída, com histórias se cruzando em um roteiro elaborado com perspicácia. Após raciocinar e conversar, decidi que são três as ideias que ficam: o destino de nossas vidas está traçado, a solução para qualquer problema pode estar bem próxima e a vida pode virar de cabeça para baixo em uma fração de segundo.

São teorias que podem estar certas ou não. Mas no filme servem como uma luva. Do Doutro Lado começa com Ali e a prostituta Yeter, na Alemanha. Ele, já idoso, resolve levá-la para morar em sua casa. Nejat, filho dele, não interfere e passa a conhecer a história de vida da prostituta, seu passado. Os dois começam a ficar amigos, mas ela morre repentinamente, de uma maneira que faz Nejat ir atrás de Ayten, a filha dela, do outro lado da fronteira, na Turquia.

Sabe a teoria dos seis graus de separação? Diz que no mundo são necessários no máximo seis laços de amizade para que duas pessoas quaisquer estejam ligadas. É assim com Do Outro Lado. Ayten (a filha da prostituta) entra na história, com sua amiga alemã, Lotte. Nejat, o turco que vive na Alemanha, volta à Turquia atrás de Ayten. Essa, por sua vez, faz o caminho inverso: sai da Turquia rumo à Alemanha e conhece Lotte. Um cruza com o outro. Mas será que se encontram?

Por estas idas e vindas que o roteiro merece destaque. Na tela fica fácil entender os encontros e desencontros.

Do Outro Lado / Auf Der Anderen Seite

CLASSIFICAÇÃO: DUCA

Ficha técnica:

Duração: 122 min.
Diretor: Fatih Akin
Elenco: Nugul Yesicay, Baki Davrak, Hanna Schygulla, Patrycia Ziolkowska e Tuncel Kurtiz
Gênero: Drama

Categorias: Drama

Sobre o Autor

Comentários

  1. Isabela
    Isabela 26 outubro, 2010, 01:51

    Adoro o filme!

    Gostei mto da análise que vc fez do texto!

    bjs,
    Isabela
    http://hojeempauta1.blogspot.com

  2. Angélica Vilela
    Angélica Vilela 25 outubro, 2010, 13:53

    O filme é sensível, limpo, forte. E o personagem do filho é algo assim fora de série. Ainda existem pessoas como este cara? Acredito que sim, assim como existem pessoas como todos os outros personagens. Sobre o fim, para não deixar de incentivar que todos assistam, digo apenas que prefiro ser otimista.

Escreva um Comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.
Campos obrigatórios*