Tron – O Legado

Tron – O Legado

Rating

3.5 out of 5
Vale o ingresso

Total

3.5
3.5 out of 5

Escrevo sobre Tron – O Legado sem lembrar do original Tron, de 1982. Confesso que decidi assistir a este recente sem esperanças, pois imaginei que seria tedioso. Longe disso! Está certo que o filme não é um espetáculo, mas é bem interessante.

Sam Flynn é o personagem principal do filme. Ele é filho de Kevin Flynn, que no primeiro filme criou um “mundo digital” e se inseriu nele. Agora, anos à frente, Sam, que teve o pai desaparecido de uma hora para outra, cai sem querer no mundo digital e passa a pensar na chance de rever Kevin.

Os efeitos visuais são incríveis. O vilão da história, Clu, é um clone de Kevin Flyn que não envelhece. Como foi criado quando ele tinha 35 anos, temos um herói e o vilão com a mesma fisionomia, mas com idades diferentes. Com isso, Jeff Bridges, que interpreta os dois, teve seu rosto rejuvenescido na pele do bandido (confira acima), um efeito até então jamais colocado em prática por tanto tempo, durante todo o filme.

Ainda há a mocinha da história, Quorra, que faz parte de um grupo de seres criados sem a interferência humana, ou seja, milagres virtuais. É ela quem ajuda o herói Sam a combater os maus.

A trilha musical – composta pela dupla Daft Punk – é toda eletrônica, o que acompanha muito bem o filme. Há detalhes bem colocados, como o escritório de Kevin “congelado” nos anos 1980 e o papo entre filho e pai sobre “wi-fi”, que Kevin diz já ter pensado antes da invenção.

Claro que é preciso ter muita imaginação para aceitar algumas passagens da obra. Mas a sensação que fica é uma só: preciso ver o filme de 1982!

Tron – O Legado / Tron Legacy

CLASSIFICAÇÃO: VALE O INGRESSO

Ficha técnica:

Duração: 127 min.
Ano:2010
Direção Joseph Kosinski
Produção: Sean Bailey, Jeffrey Silver e Steven Lisberger
Roteiro: Adam Horowitz e Edward Kitsis
Elenco: Jeff Bridges, Garrett Hedlund, Bruce Boxleitner, Olivia Wilde, Michael Sheen e James Frain
Gênero: Ficção Científica

Categorias: Ficção

Sobre o Autor

Comentários

  1. Danilo Vicente
    Danilo Vicente Author 1 maio, 2011, 01:22

    Tem razão! Pois o papel dele é muito pequeno. E fica sem motivo. E o chefão atual da empresa também surge no começo e depois perde sentido. Deve vir seqüência mesmo. Tomara que nao seja daqui a 20 anos!

  2. Marcelo
    Marcelo 19 abril, 2011, 22:02

    Não só isso, notou o Cillian Murphy no filme? É um pequeno papel, mas ele tem ligações com o filme anterior. Sequência à vista!

  3. Danilo Vicente
    Danilo Vicente Author 19 abril, 2011, 14:55

    Deve ser interessante mesmo, Marcelo. O bacana é ter pego os dois principais atores do 1º para participar do 2º.

  4. Marcelo
    Marcelo 18 abril, 2011, 18:29

    Maneirinho esse. Pra quem se lembra do original, como eu, bate um remember forte. fiquei analisando tudo que era detalhe do filme

Escreva um Comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.
Campos obrigatórios*