Uma Doce Mentira

Uma Doce Mentira

Rating

3.5 out of 5
Vale o ingresso

Total

3.5
3.5 out of 5

Émilie Dandrieux recebe uma carta de amor anônima e joga fora. Mas aí surge a ideia de ajudar a mãe, Maddy, que vive sozinha desde que o marido a abandonou. Assim, Émilie copia a carta e envia para a mãe, o que inicia uma sequencia de mal entendidos. Jean, tímido funcionário dela, é o autor secreto da carta e se vê com a responsabilidade de não decepcionar a mãe de sua amada. Uma Doce Mentira é tem a cara de sua protagonista, Audrey Tautou. É engraçadinho.

A trama parece complexa, mas na tela fica simples. Gostei bastante da atuação de Sami Bouajila, o apaixonado pela personagem de Tatou. Sua mãe, interpretada por Nathalie Baye, também vai bem.

Em alguns momentos o filme força a barra. Mas é o estilo Amelie Polain, a personagem, que me agrade, mais marcante de Audrey. Tatou segura a onda e faz mais um filme estilo francês/engraçadinho/com um toque de bobo. Vale o ingresso.

Uma Doce Mentira / De Vrais Mensonges 


CLASSIFICAÇÃO: VALE O INGRESSO 


Ficha técnica: 
Direção: Pierre Salvadori
Elenco: Audrey Tautou, Nathalie Baye e Sami Bouajila
Gênero: Comédia romântica
Duração: 105 min.
Ano: 2011
Roteiro: Benoît Graffin

Categorias: Romance

Sobre o Autor

Escreva um Comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.
Campos obrigatórios*