Arquivo

Voltar para a Home
Drama

Coração Louco

O cara fez O Grande Lebowski. Só por isso já merece crédito. E foi assim que fui ver Coração Louco. Estava sedento por uma nova apresentação ao estilo do grande filme dos irmãos Joel e Ethan Coen. Começou bem: já na primeira cena apareceu um belo boliche, remetendo ao Jeffrey “The Dude” (O Cara) Lebowski, um fanático jogador de boliche. Ah, e também logo no início o protagonista tem um apelido: Bad (Mau). Ajeitei-me na cadeira e pensei: “que beleza!

Ficção

Mad Max

Quem não viu, precisa ver. Esse é o filme que transformou Mel Gibson em astro mundial. Também é o maior sucesso de bilheteria do cinema australiano. Mad Max é diferente de tudo que havia sido produzido até então, em 1979. Um clássico de ação e de ficção científica. Em um futuro não muito distante (o filme começa com a frase “a few years from now”) e pós apocalíptico, o deserto australiano vive dias de caos, com gangues de motociclistas disputando

Comédia

Alta Fidelidade

Este é um filme pelo qual tenho muito carinho. Primeiro porque o livro em que foi inspirado, de mesmo nome, escrito por Nick Hornby (também autor de Educação, o novo hit de Hollywood) é um dos meus preferidos. Segundo, porque o ator principal é John Cusack, todo fofo. Além de estrelar, ajudou no roteiro e na escolha da trilha musical. E ainda tem Jack Black, que adoro. A história é a seguinte: o dono de uma loja de discos decadentes,

Comédia Drama

Por Uma Vida Melhor

Acho que são vários os filmes com esse mesmo nome e por isso só achei o pôster em inglês, com o título original de Away we go. O filme conta a história de um casal de trinta e poucos anos, grávidos, que se sentem abalados quando os pais do rapaz, Burt, decidem se mudar para a Bélgica. Como os pais de sua mulher, Verona, já morreram, eles decidem procurar outra cidade para viver já que não terão mais nenhum vínculo

Comédia

Dr. Fantástico

Para quem adora humor negro, este é O filme. Considerado um dos melhores de Kubrick, a história sobre o que aconteceria se um militar lunático resolvesse acionar caças americanos para detonarem bombas nucleares na Rússia é uma grande sátira da Guerra Fria. Um general acredita que os Russos estão poluindo os “fluidos corpóreos” americanos e resolve que tem que atacá-los com as bombas. Ele aciona o código secreto e um caça se prepara para começar a detonação. Enquanto isso, o

Drama

Touro Indomável

A história é baseada na biografia de Jake La Motta (Robert De Niro), conhecido como “O touro do Bronx”, um filho de imigrantes italianos, que se torna pugilista e ao mesmo tempo em que sobe na carreira, sua vida pessoal vai esfacelando. O enredo é meio chatinho, ele vai lá, luta, sai muito sangue, vence ou perde, compra um carro, troca de mulher, compra uma casa, luta, ganha ou perde…Mas vale muito pela atuação de Robert De Niro. Ele é

Drama

Amor Sem Escalas

É comum começar essas resenhas pelo enredo. Mas vou começar citando o diretor, e vocês logo saberão o motivo. Amor sem escalas é um filme de Jason Reitman, o mesmo diretor de Juno e Obrigado por fumar. E escolhi começar dessa forma porque o título em português, erroneamente, dá a impressão de que se trata de uma comédia romântica despretensiosa. Não é nada disso. Esta é, sem nenhuma dúvida, uma das melhores produções dos últimos anos. O título original é

Comédia

Jamaica Abaixo de Zero

Inspirado pelos Jogos Olímpicos de Inverno em Vancouver, resolvi escrever sobre Jamaica Abaixo de Zero. Tudo bem, o melhor seria abordar um filme com o inusitado curling (hhhhaaard….hhhhaaarrrdddd….hhhhaaarrrddd) como tema. Mas, até onde sei, não há. Jamaica Abaixo de Zero, de 1993, marcou minha memória com uma das cenas finais, quando o quarteto carrega seu bosbleigh, aquele carrinho que desce num tubo cheio de gelo… (se contar mais estrago o fim). A história é assim: Irwin Flitzer desgraçou sua carreira