Delicatessen

Delicatessen

Rating

3.5 out of 5
Vale o ingresso

Total

3.5
3.5 out of 5
delicatessen-posterDelicatessen é o primeiro filme em longa-metragem de Jean-Pierre Jeunet, o diretor de O Fabuloso Destino de Amélie Poulain. Já nesta obra, de 1991, é possível ver seu estilo, com a fantasia e a criatividade correndo soltas. Não é tão bom quanto Amélie Poulain e Micmacs – Um Plano Complicado. Mas é bacana, como Ladrão de Sonhos.

O filme apresenta um mundo pós-apocalíptico que enfrenta a escassez de comida. Esqueça o estilo Mad Max, com confrontos e batalhas. A câmera não sai de um prédio, onde está instalado um açougue. E, apesar da situação, há espaço para uma vida “normal”.

O dono do prédio é o açougueiro Clapet. Louison, vivido por Dominique Pinon (que aparece em todos os filmes de Jeunet), chega para trabalhar, após um anúncio da vaga em jornal. Mas tanto o açougueiro quanto os outros moradores querem mesmo é que ele engorde e…

Julie (Marie-Laure Dougnac), filha de Clapet, é a única que defende o novo morador. Claro que eles se apaixonam.

A câmera sempre busca ângulos menos usuais, caminhando por lugares improváveis e com closes em atores e objetos. Há cena da dupla se escondendo no banheiro para não ser morta é demais.

E destaque para a personagem de Silvie Laguna, uma mulher que deseja a toda hora se matar. É hilária.

 

Delicatessen / Delicatessen 

CLASSIFICAÇÃO: VALE O INGRESSO 

Ficha técnica:
Direção Jean-Pierre Jeunet e Marc Caro
Roteiro: Gilles Adrien, Marc Caro e Jean-Pierre Jeunet
Elenco: Dominique Pinon, Pascal Benezech, Marie-Laure Dougnac, Silvie Laguna, Jean-Claude Dreyfus, Karin Viard, Ticky Holgado, Anne-Marie Pisani, Boban Janevski, Mikael Todde, Edith Ker, Rufus, Jacques Mathou, Howard Vernon e Chick Ortega
Gênero : Comédia
Duração: 99 min.
Ano: 1991

Categorias: Comédia
Tags: Delicatessen

Sobre o Autor

Escreva um Comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.
Campos obrigatórios*